Seja bem-vindo ao mundo dos chatos com carro!

#Anodofeito

Youtube Instagram

5 carros com a pior pintura de fábrica

AoRaboni AoRaboni

|

17 de Setembro de 2021

Sem categoria

Sim, eles existem, mas é importante ressaltar que, não são de carros ruins que vamos falar, mas sim carros que necessitam de trabalho redobrado para cuidar. Precisa de mais atenção na hora de lavar, aplicar produtos para não danificar, cuidar como um bom chato com carro cuida do veículo. Vamos à lista:

1- Palio

O Palio desde muito tempo, a pintura queima muito facilmente. Quem comprava um seminovo já podia notar, que estava com a pintura queimada. Outros carros da Fiat também são da mesma forma e o Palio é o mais comprado. 

2- Honda

Os carros da Honda, historicamente, já são muito frágeis na pintura. Qualquer esbarrão, já cria-se um risco na lataria. O motivo para tanta fragilidade pode ser uma reducao de custos, ou uma nao adaptacao ao Brasil. Pode ser que no Japao, por exemplo, o carro nao tenha tantos danos como no Brasil, afinal, sao climas, tudo muito diferente. O que nao faz serem carros ruins, somente carecem de mais cuidado. 

3- Corolla

O Corolla, vindo da mesma origem japonesa do Honda, tambem apresenta fragilidade. O carro danifica muito facil principalmente por conta do verniz muito fragil. 

4-  Hillux

A caminhonete e muito grande, preparada para andar na terra e com uma pintura fragil. Essa combinacao nao foi boa, pois por ser grande, as pessoas podem ter menos cuidado ao lavar, com isso, lavando de qualquer jeito e danificando a pintura. 

5- Renault

Completando a lista, alguns carros da marca francesa, Renault, possuem a pintura muito frágil. Há um jeito de saber se os carros são frágeis na pintura ou não, mas também é importante o auxílio de um profissional, siga as dicas:

  • Verniz Macio: aquele verniz que é mais frágil, danifica a pintura com mais facilidade. Como por exemplo, carros asiáticos como os citados acima da Honda, Toyota e outros. 
  • Verniz Médio: carros onde o verniz possui uma resistência intermediária, entre o macio e o duro.
  • Verniz duro: alta resistência ao contato externo. Geralmente carros europeus como Audi, Porsche, BMW, possuem o verniz mais duro. 

Lembrando que:

Para manter a pintura do seu carro sem danos, deve-se lavar os carros com shampoo automotivo neutro, nada de detergente, sabão, como já foi falado aqui no blog e claro, luva de microfibra. Nada de toalhas, buchas e afins que danificam a pintura. 

Deixar o carro com a pintura bem cuidada é importante, pois ela faz agregar e perder valor no veículo. E você não quer perder valor por uma coisa tão fácil de cuidar, não é mesmo? 

Cera de carnaúba e vitrificador, também são ótimos aliados nessa proteção.

Últimas postagens

Central de ajuda

Alguma dúvida sobre nossos serviços, treinamentos ou processos de cuidado com os carros?

Como aplicar uma proteção?

AoRaboni AoRaboni

|

1 de Setembro de 2021

Sem categoria

Quem é chato com carro, não deixa o carro desprotegido de jeito nenhum né? Por isso é importante a aplicação de uma proteção que vai proteger com a vitrificação, sua pintura de riscos, arranhões e de tudo que possa danificar o seu carango. Sabe aplicar? Se não, segue o fio que vamos te ensinar tudo! A começar pelo óbvio, a aplicação do produto.

É muito simples! Com uma luva de micfrofibra, você aplica algumas gotas do vitrificador. Em seguida, passa em sua lataria, formando uma curva como se fosse um *s*, posteriormente, cobrindo onde foi passado espalhando na vertical de cima para baixo. Com a mesma microfibra, pelo lado que não foi aplicado o vitrificador, você pode lustrar a pintura para ficar com um visual brilhoso.

Os vitrificadores podem durar por muito tempo. Há alguns com duração de 1 ano e outros que chegam a 3 até 5 anos. Uma ótima opção para uma proteção de fácil aplicação, duradoura e com pouco gasto.

O QUE É VITRIFICAÇÃO?

A vitrificação automotiva é um sistema de proteção para a pintura que, após aplicado o produto no carro, cria uma camada de proteção ultrarresistente. Esse processo protege a pintura dos raios UV, UVB, fezes de aves, seivas de árvores e também das variações climáticas, que muitas vezes danificam o carro. A vitrificação é a tecnologia mais moderna e mais segura quando o assunto é proteção de pintura.

Este processo, além de aumentar e revitalizar o brilho da pintura, forma uma película superprotetora. Além de proteger seu carro, a vitrificação intensifica o brilho da pintura.

Últimas postagens

Central de ajuda

Alguma dúvida sobre nossos serviços, treinamentos ou processos de cuidado com os carros?

Como fazer lavagem a seco no seu carro?

AoRaboni AoRaboni

|

26 de Agosto de 2021

Sem categoria

Lavagem ecológica, biolavagem, você sabe como realizar uma lavagem a seco? Então fica ligado que a gente vai te mostrar

A lavagem a seco nada mais é, como o próprio nome já diz, sem usar água. A primeira coisa que deve-se pensar é que o carro não pode estar muito sujo, pois a sujeira, ciscos, poeira em contato com a lataria seca, vai causar arranhões e danificar também a pintura, e não é isso que queremos! A lavagem a seco é recomendada para pessoas que moram em ambientes menores como apartamentos, que não tem um grande espaço disponível para a lavagem convencional.

Uma boa dica está no tecido que vai ser usado para esta lavagem. A microfibra deve ser a mais macia. O pano que se assemelha a uma toalha, gera maior possibilidade da poeira entrar em atrito com a lataria e arranhar. Uma boa para a lavagem a seco é a de 200 Gsm. É importante um produto que faça a lubrificação para esta lavagem, o mais indicado é a cera à base de carnaúba, ela faz uma leve película de proteção, que pode durar até aproximadamente 15 dias.

A lavagem deve começar de cima para baixo, assim como a lavagem tradicional, usando 3 microfibras. Uma para retirar o excesso de sujeira, outra para retirar o excesso de produto que vai ser passado e a terceira, para dar um lustro final no carro. Lembrando que isso inclui a pintura, rodas, pneus, vidros, borrachas, tudo mesmo. Lembre-se sempre de lubrificar bastante, pois quanto mais lubrificado, menor a chance de riscar a pintura.

Quanto mais sujeira, mais produto deve ser aplicado, sempre em movimentos retos de cima para baixo, nunca em movimentos circulares, para evitar manchas na pintura. Sempre seguindo com as três microfibras citadas acima. Em seguida, fazer este mesmo processo no carro todo. Gostou dessa informação? Você pode ver no vídeo abaixo que está em nosso canal no YouTube, a prática para fazer tudo certo e se quiser ver todas nosso conteúdo em tempo real, é só nos acompanhar nas redes sociais:

Instagram: @aoraboni

YouTube: Canal Ao Raboni

Últimas postagens

Central de ajuda

Alguma dúvida sobre nossos serviços, treinamentos ou processos de cuidado com os carros?

Aprenda a fazer o pretinho do pneu brilhar e durar mais tempo

AoRaboni AoRaboni

|

10 de Agosto de 2021

Sem categoria

Hoje vamos tratar de um assunto que não fica só na estética automotiva, ele é quase uma terapia, um orgulho quando o chato com carro acaba de aplicar. É ele! O pretinho no pneu. Há algumas pessoas que gostam mais do pneu brilhando, outros, bem pretinho, mas com o aspecto mais fosco, mais natural. Seja como for, é preciso saber aplicar esse recurso da forma certa no carro. 

Os produtos mais comuns, que você pode encontrar nos supermercados por exemplo, eles não dão, geralmente, muito brilho ao pneu, mas caso isso aconteça, a culpa não é só do produto, mas também da forma que ele é aplicado.  Aqui você vai aprender a fazer seu pretinho durar mais e ficar mais bonito no seu pneu. 

Limpeza do pneu

Ao limpar, é importante que limpe, porque a poeira faz com que o produto não tenha aderência e dure menos. Então não esqueça deste primeiro passo. Outro detalhe importante é que o pneu precisa estar seco. 

Tipos de produtos

Há diversos tipos de pretinho. Alguns dão menos brilho, mas duram por mais tempo e outros que dão mais brilho e duram menos tempo. 

Aplicação 

O ideal é usar um aplicador de espuma, pois, se aplicar com um pincel, ao sair com o carro, o produto pode espirrar na lataria, a sujando. O pincel não faz uma boa aderência na borracha. Outra opção é uma espuma de aplicação de cera. É bom ter cuidado com o excesso de produto.  

Camadas

Ao aplicar o pretinho, a primeira camada normalmente não dá o brilho. Pois a borracha absorve o produto. Aproximadamente 20 minutos depois, pode-se aplicar a segunda camada, sendo esta, a que vai dar o brilho no pneu que você busca. As duas camadas se complementam, pois a de cima sai com um menor tempo, mas o pneu não fica feio, pois tem a camada de baixo que serve uma durabilidade maior ao brilho. 

Excesso de produto

Se ao final da aplicação, você ver que está com excesso de produto, pode-se retirar um pouco com uma flanela. Fazendo isso, evita a sujeira na lataria, fique atento para não ter trabalho depois de limpá-la. 

Duração 

A duração do brilho depende de muitos fatores. Geralmente é bom dar um retoque a cada 15 ou 20 dias. Mas isso depende do uso do carro, do produto que usou, é bom ficar de olho dia a dia se o brilho está acabando, para fazer uma nova aplicação.  

Curtiu? Para mais informações do mundo da estética automotiva, nos acompanhe nas redes sociais:

Instagram: @aoraboni

YouTube: Ao Raboni

Últimas postagens

Central de ajuda

Alguma dúvida sobre nossos serviços, treinamentos ou processos de cuidado com os carros?

Vitrificação, cristalização e espelhamento

AoRaboni AoRaboni

|

21 de Julho de 2021

Sem categoria

Cristalização, espelhamento ou vitrificação são processos de proteção para a pintura do carro muito parecidos, mas os produtos utilizados são diferentes. Mas antes disso tudo, uma lavagem bem feita é primordial, além de um tratamento e limpeza do motor. Veja em nossos posts de estética automotiva, como lavar seu carro corretamente.

Todos os carros têm uma camada superficial de verniz muito fina, da espessura de um fio de cabelo. Se não souber manusear uma politriz ou escolher o produto errado, você poderá facilmente remover toda camada de verniz e chegar à tinta, danificando a peça. Mas lembre-se! Sem a lavagem bem feita antes dos processos, de nada vai adiantar, o básico é indispensável que seja feito.

Vitrificação

 A vitrificação trata-se da aplicação de uma resina formada sobre a pintura, sendo necessário que esteja lisa, nivelada, sem contaminantes ou até em carros novos. A película formada possui características como a alta repelência a água, alta dureza, promove brilho, protegendo a pintura como se fosse um segundo verniz, além da resistência de riscos leves. Há marcas que oferecem a garantia de até três anos, sendo que a vitrificação é uma das novas técnicas de reparação automotiva.

Espelhamento

Chama-se de espelhamento o polimento patenteado pela 3M, utilizando os produtos da marca e os métodos que por ela são indicados, contendo a certificação. É importante destacar que um polidor que usa marcas e métodos distintos pode obter bons resultados também, a qualidade do resultado final dependerá da habilidade do profissional.

Cristalização

Esta é a aplicação de produtos à proteção e brilho da pintura. Ao ser feito o processo inteiro do polimento, a pintura encontra-se nivelada e lisa, sem a presença de riscos e manchas. Todavia, nesta fase está sem proteção além do verniz de fábrica. Para evitar os danos causados pelos agentes naturais como a luz solar, os dejetos de pássaros, as seivas de árvores  e demais contaminações, são aplicados selantes e ceras de carnaúba.

  • vitrificação possui uma resistência maior a agressões externas, como manchas de arvores e fezes de aves e a durabilidade chega a 3 anos, quando são realizadas as manutenções.
  • cristalização é à base de teflon e tem, no máximo, 6 meses de durabilidade;
  • espelhamento é um processo patenteado por uma empresa, tem bom acabamento e brilho.

Fique atento nas nossas postagens que nas próximas vamos detalhar o passo a passo de cada processo desses.

Nos acompanhe nas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/aoraboni/

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCOQYjGY9O-TzuPpkr12y0WA

Últimas postagens

Central de ajuda

Alguma dúvida sobre nossos serviços, treinamentos ou processos de cuidado com os carros?